Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d84db1a953952aa87a29e3
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Utilização da técnica RINA associada ao fluxo digital para tratamento de hipomineralização molar incisivo

Bianca Longo POLO, Laura Vidoto PALUDETTO, Fabiana Giusepina Reugnaut DI CAMPLI, Isabella Claro GRIZZO, Fernanda Lyrio MENDONÇA, Anna Paola STRIEDER, Natalino LOURENÇO NETO, Daniela RIOS

Downloads: 5
Views: 279

Abstract

Introdução: A hipomineralização molar incisivo (HMI) é um defeito de desenvolvimento do esmalte de origem sistêmica, que atinge um ou mais molares permanentes frequentemente associados com os incisivos permanentes. Caracteriza-se pela presença de assimetria, opacidade demarcada e possíveis fraturas pós- eruptivas. Nos casos de perda pós eruptiva o tratamento restaurador é um grande desafio clínico, porque a hipomineralização resulta em falhas na adesão de resinas compostas. Objetivo: O trabalho visa apresentar a conduta clínica da técnica RINA associada ao fluxo digital, a qual pode promover solução estética, conservadora e funcional para pacientes com essa alteração. Conduta clínica: O caso clínico refere-se a paciente do sexo feminino, 9 anos, que buscou atendimento odontológico pela presença de sensibilidade dolorosa no dente 46. Clinicamente, observou-se perda de estrutura e restauração no dente 16, 26, 36 e 46, porém nos demais dentes a paciente não se queixava de sensibilidade. Nesse caso, foi solicitado um escaneamento intra-oral e o modelo 3D do caso impresso para que o enceramento do dente 46 fosse realizado para obtenção de uma matriz de silicone. Na sequência, a restauração de resina composta previamente realizada foi rebaixada, sem desgastar estrutura dentária. O material de escolha para o caso foi o cimento de ionômero de vidro (CIV) de alta viscosidade encapsulado (Equia Forte-GC). Após realização de isolamento relativo, o ácido poliacrílico foi aplicado no dente 46, lavado e secado. Em seguida o CIV foi injetado na matriz e levado em posição. Após presa inicial do material, a matriz foi removida e foi realizada a proteção de superfície. Por fim, foi realizada a remoção dos excessos com instrumento manual. Após 7 dias, o acabamento e polimento foram realizados. Resultado: Ao final observou-se estética satisfatória, devolução da função e ausência de sensibilidade. Conclusão: Embora não haja evidências científicas sobre as modalidades de tratamento da HMI, a técnica RINA tem mostrado bons resultados.

Keywords

Desmineralização do dente; esmalte dentário; assistência odontológica
61d84db1a953952aa87a29e3 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections