Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/journal/rou/article/588019c17f8c9d0a098b530b
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Fratura mandibular decorrente de exodontia de molares: revisão de literatura

Andrade, J. F.; Cândido, N.B.; Aranega, A. M.; Bassi, A.P.F.; Souza, F.A.; Ponzoni, D.

Downloads: 4
Views: 527

Resumo

Exodontias de terceiros molares inferiores podem gerar inúmeras complicações, dentre elas, a fratura do osso mandibular. Esta encontra-se relatada principalmente nos casos de dentes inclusos. É o resultado de uma força aplicada pelo profissional maior do que a força de resistência do osso, devido ao uso de instrumental incorreto, e a própria anatomia mandibular. Tais situações unidas ao nível de inclusão dentária podem aumentar o risco de fratura óssea. O objetivo deste trabalho é realizar uma revisão de literatura, ressaltando os aspectos que podem influenciar nessa complicação, quais medidas podem prevenir e os tratamentos adotados diante da mesma. Este estudo foi realizado a partir de consultas em artigos científicos através do banco de dados do PubMed. A fratura do osso mandibular durante a exodontia de terceiros molares é multifatorial, podendo variar da diminuição na resistência óssea até o uso da técnica incorreta. Faz se necessário o adequado planejamento pré-cirúrgico, bem como o emprego correto do movimento de alavanca. O tratamento de tal complicação pode ser conservador ou cirúrgico. Essa complicação é incomum, no entanto apresenta graves consequências. A correta anamnese e o estudo pré-operatório do caso são indispensáveis. O profissional deve estar preparado para ter a conduta correta.

Palavras-chave

Mandíbula, molar, dente impactado.
588019c17f8c9d0a098b530b rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections