Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/doi/10.1590/1807-2577.22215
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

Association between depressive symptoms and dental care-seeking behavior among elderly Brazilian people

Associação entre sintomas depressivos e comportamento de procura de cuidados odontológico entre idosos brasileiros

Ávila, Gabriela Ádima de Camargo; Martins, Aline Blaya; D’Avila, Otávio Pereira; Neves, Matheus; Hilgert, Juliana Balbinot; Hugo, Fernando Neves

Downloads: 0
Views: 807

Abstract

Background: Depressive symptoms are highly prevalent among the elderly population (10%). These symptoms frequently appear when there is a loss of quality of life associated with social exclusion and the appearance of severe diseases. Feelings of sadness, discouragement, despondency and deception, and events such as the loss of close friends and family can also be related to these symptoms. The consequences of depressive symptoms include negative oral health outcomes, such as a decrease in the frequency of toothbrushing, greater prevalence of caries and higher probability of the appearance of periodontitis. Aim: This study aimed to evaluate the association between the presence of depressive symptoms and problem-oriented oral healthcare behavior, as well as the absence of healthcare-seeking behavior. Material and method: 872 elderly people living in two health districts in Porto Alegre were evaluated. They provided information on socioeconomic variables at an interview, and responded to the Geriatric Depression Scale-15 and to a questionnaire assessing dental care-seeking behavior. In addition, an oral examination was performed. When analyzed using Poisson regression with robust variance, the variables of male sex, less schooling, lower income, reduced number of teeth, presence of root remnants and presence of depressive symptoms were found to be independently associated with the outcome. Result: There was a significant difference regarding dental care-seeking behavior in relation to elderly people presenting depressive symptoms and those in low socioeconomic strata having poor oral status. Conclusion: It was concluded that these factors need to be taken into consideration when evaluating dental care-seeking behavior.

Keywords

Dental care, epidemiology, elderly, depression.

Resumo

Introdução: Os sintomas depressivos são altamente prevalentes na população idosa (10%). Estes sintomas aparecem frequentemente quando há uma perda de qualidade de vida associada à exclusão social e ao aparecimento de doenças graves. Sentimentos de tristeza, desânimo, desânimo e decepção, e eventos, tais como a perda de amigos próximos e familiares podem também estar relacionados a estes sintomas. As consequências de sintomas depressivos incluem os resultados negativos de saúde oral, tais como uma diminuição na frequência de escovação, maior prevalência de cárie e maior probabilidade do aparecimento de periodontite. Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar a associação entre a presença de sintomas depressivos e comportamento saúde bucal orientada para o problema, bem como a ausência de comportamento de procura de cuidados de saúde. Foram avaliados 872 idosos vivendo em dois distritos de saúde em Porto Alegre. Material e método: Eles forneceram informações sobre variáveis socioeconômicas em uma entrevista, e responderam à Escala de Depressão Geriátrica-15 e a um questionário avaliando o comportamento de procura de cuidados dentários. Além disso, foi realizado um exame oral. Quando analisados por meio de regressão de Poisson com variância robusta, as variáveis sexo masculino, menor escolaridade, menor renda, número de dentes reduzidos, presença de restos de raiz e presença de sintomas depressivos foram encontrados para ser associados de forma independente com o resultado. Resultado: Houve uma diferença significativa em relação ao comportamento de procura de cuidados dentários em relação aos idosos com sintomas depressivos e aqueles em baixo nível socioeconômico com estatuto oral deficiente. Conclusão: Concluiu-se que esses fatores precisam ser levados em consideração ao avaliar o comportamento de procura de cuidados dentários.

Palavras-chave

Atendimento odontológico, epidemiologia, idoso, depressão.

References

1. Veras R. Population aging today: demands, challenges and innovations. Rev Saude Publica. 2009 Jun;43(3):548-54. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102009000300020. PMid:19377752.

2. Ramos LR, Veras RP, Kalache A. Populational aging: a Brazilian reality. Rev Saude Publica. 1987 Jun;21(3):211-24. PMid:3445103.

3. Carvalho JA, Rodríguez-Wong LL. A transição da estrutura etária da população brasileira na primeira metade do século XXI. Cad Saude Publica. 2008 Mar;24(3):597-605. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000300013. PMid:18327447.

4. Malta DC, Cezario AC, Moura L, Morais OL No, Silva JB Jr. A construção da vigilância e prevenção das doenças crônicas não transmissíveis no contexto do Sistema Único de Saúde. Epidemiol Serv Saúde. 2006 Set;15(3):47-65. http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742006000300006.

5. Mendes EV. As redes de atenção à saúde.Ciênc Saúde Coletiva. 2010Ago;15(5):2297-305. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000500005. PMid:20802863.

6. World Health Organization. Age-friendly primary health care centres toolkit. Geneva; 2008.

7. Anttila SS, Knuuttila ML, Sakki TK. Relationship of depressive symptoms to edentulousness, dental health, and dental health behavior. Acta Odontol Scand. 2001 Dec;59(6):406-12. http://dx.doi.org/10.1080/000163501317153275. PMid:11831492.

8. Almeida OP, Forlenza OV, Lima NK, Bigliani V, Arcuri SM, Gentile M, et al. Psychiatric morbidity among the elderly in a primary care setting report from a survey in São Paulo, Brazil. Int J Geriatr Psychiatry. 1997 Jul;12(7):728-36. http://dx.doi.org/10.1002/(SICI)1099-1166(199707)12:7<728::AID-GPS624>3.0.CO;2-C. PMid:9251935.

9. Snowdon J. How high is the prevalence of depression in old age? Rev Bras Psiquiatr. 2002;24(suppl 1):42-7. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000500009.

10. Anttila S, Knuuttila M, Ylostalo P, Joukamaa M. Symptoms of depression and anxiety in relation to dental health behavior and self-perceived dental treatment need. Eur J Oral Sci. 2006 Apr;114(2):109-14. http://dx.doi.org/10.1111/j.1600-0722.2006.00334.x. PMid:16630301.

11. Almeida OP, Almeida SA. Confiabilidade da versão brasileira da Escala de Depressão em Geriatria (GDS) versão reduzida. Arq Neuropsiquiatr. 1999 Jun;57(2B):421-6. http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1999000300013. PMid:10450349.

12. Bertolucci PHF, Brucki SMD, Campacci SR, Juliano Y. O mini-exame do estado mental em uma população geral: impacto da escolaridade. Arq Neuropsiquiatr. 1994 Mar;52(1):1-7. http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1994000100001. PMid:8002795.

13. Barros FC, Victora CG. Epidemiology of child health: a handbook for community diagnosis. 3rd ed. New York: UNICEF – Hucitec; 1998.

14. Yesavage JA, Brink TL, Rose TL, Lum O, Huang V, Adey M, et al. Development and validation of a geriatric depression screening scale: a preliminary report. J Psychiatr Res. 1982-1983;17(1):37-49. http://dx.doi.org/10.1016/0022-3956(82)90033-4. PMid:7183759.

15. Rosendo RA, Freitas CHSM. Diabetes Melito: dificuldades de acesso e adesão de pacientes ao Programa de Saúde da Família. Rev Bras Ciênc Saúde. 2012;16(1):13-20.

16. Gomes R, Nascimento EF, Araújo FC. Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cad Saude Publica. 2007 Mar;23(3):565-74. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000300015. PMid:17334571.

17. Castro RD, Oliveira AGRC, Araújo IM. Estudo da acessibilidade organizacional aos serviços de saúde bucal de um município de pequeno porte do nordeste brasileiro. Rev Bras Ciênc Saúde. 2011;14(4):65-76.

18. Mendoza-Sassi R, Beria JU, Barros AJD. Outpatient health service utilization and associated factors: a population-based study. Rev Saude Publica. 2003 Jun;37(3):372-8. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102003000300017. PMid:12792690.

19. Martins AMEBL, Barreto SM, Pordeus IA. Características associadas ao uso de serviços odontológicos entre idosos dentados e edentados no Sudeste do Brasil: Projeto SB Brasil. Cad Saude Publica. 2008 Jan;24(1):81-92. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000100008. PMid:18209836.

20. Kiyak HA. Explaining patterns of dental service utilization among the elderly. J Dent Educ. 1986 Nov;50(11):679-87. PMid:3464633.

588019e47f8c9d0a098b53ab rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections