Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d72c86a953956925755ab2
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Tumor odontogênico queratocístico na região posterior do ramo da mandíbula do lado esquerdo: relato de caso

Fernanda Zanelatto de Castro PAIVA, Ana Luiza Bogaz DEBORTOLLI, Isabela Toledo Teixeira da SILVEIRA, Paulo Sergio da Silva SANTOS, Eduardo Sanches GONÇALES

Downloads: 0
Views: 20

Abstract

Introdução: O queratocisto é um cisto odontogênico derivado do órgão do esmalte ou lâmina dentária, seu desenvolvimento é de origem epitelial e acomete a maxila e mandíbula, geralmente apresenta evolução rápida, grande volume e é assintomático. Radiograficamente apresenta-se como uma imagem radiolúcida bem definida, o que gera dúvidas quanto ao diagnóstico diferencial, e, por isso é necessária à análise clínica, radiográfica e histopatológica para estabelecer o diagnóstico preciso. Seu tratamento é a remoção cirúrgica e comumente é recidivante. Objetivo: O intuito desse relato clínico é elucidar as etapas de tratamento de um cisto odontogênico, expondo o diagnóstico, planejamento, prognóstico e acompanhamento do caso. Conduta Clínica: Paciente do sexo feminino de 27 anos de idade, procurou a clínica de graduação de Estomatologia da FOB-USP com orientação de sua cirurgiã dentista, que identificou uma área de anormalidade em uma radiografia panorâmica realizada para extração de raiz residual. Foi feito o exame intra-oral e a paciente relatou dor a palpação do músculo pterigoideo lateral na região posterior do ramo da mandíbula do lado esquerdo. A análise clínica e radiográfica resultou no diagnóstico sugestivo de queratocisto. O tratamento executado foi a remoção cirúrgica completa da lesão, sob anestesia geral, no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC). Resultados: O pós-operatório imediato foi satisfatório e a paciente seguiu as medicações recomendadas. Após sete dias foi feita a remoção das suturas e a paciente apresentou boa cicatrização, sem edema e não houve queixas. Foi realizado o acompanhamento e controle do caso, concretizando o sucesso do tratamento. Conclusão: Torna-se necessário concluirmos que apesar de ser um cisto odontogênico é muito importante o diagnóstico e tratamento cirúrgico, visto que a lesão é assintomática e de crescimento rápido, que pode afetar e comprometer as estruturas adjacentes caso o diagnóstico e tratamento não sejam efetivos.

Keywords

Procedimentos cirúrgicos operatórios; cistos odontogênicos; diagnóstico clínico
61d72c86a953956925755ab2 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections