Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d72b0ba9539568c66d4c53
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Schwannoma lingual: relato de caso

Nayara Conceição Marcos SANTANA, Luciana Carvalho Soares GARRIDO, Renata Gonçalves DE RESENDE, Silvia Ferreira DE SOUSA, Júlio César Tanos DELACERDA

Downloads: 1
Views: 27

Abstract

Introdução: O Schwannoma ou Neurilemoma é uma neoplasia benigna de origem neural e etiologia desconhecida, que afeta tecidos moles da região de cabeça e pescoço. Sua manifestação em cavidade oral é rara, porém quando presente, se localiza preferencialmente em língua e palato, como uma massa única encapsulada. O diagnóstico é realizado por exame histopatológico e o tratamento mais indicado é a remoção cirúrgica conservadora, com prognóstico favorável. Objetivo: O objetivo desse trabalho é apresentar um caso de Schwannoma lingual. Conduta Clínica: Paciente do sexo feminino, 27 anos, foi encaminhada para o departamento de Estomatologia e Cirurgia Bucomaxilofacial do Hospital Metropolitano Odilon Behrens para avaliação de tumoração em dorso lingual, com evolução de 10 anos. O exame clínico intrabucal revelou presença de aumento de volume bem delimitado em região posterior esquerda do dorso lingual, assintomático, consistente a palpação, mantendo coloração e integridade da mucosa lingual sobre a lesão, medindo cerca de 30 mm. Como conduta inicial realizou-se uma biópsia incisional com hipóteses diagnósticas de neoplasia de origem neural ou glandular e lipoma. O exame histopatológico revelou neoplasia mesenquimal encapsulada, composta por células fusiformes dispostas ora irregulares, ora em paliçada, em torno de uma região eosinofílica central. Na reação imunohistoquímica as células mostravam-se positivas para S100 e negativas para CD34. Dessa forma, o diagnóstico histológico foi de Schwannoma. O tratamento consistiu em exérese conservadora da lesão sob anestesia geral. O exame histológico da peça cirúrgica confirmou o diagnóstico de Schwannoma lingual. Resultado: Após 60 dias do pós-operatório não houve evidência de recidiva da lesão. Conclusão: Na presença de tumorações linguais deve-se levantar a suspeita diagnóstica de neoplasia de origem neural, apesar da manifestação rara. A remoção cirúrgica conservadora das lesões de Schwannoma se mostram efetivas e devem ser adotadas como tratamento de escolha

Keywords

Schwannomas; neurilemoma; neoplasia benigna.
61d72b0ba9539568c66d4c53 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections