Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d72872a9539568265aeb53
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Manejo clínico, cirúrgico e reabilitador de cárie na primeira infância: relato de caso

Giovanna Torqueto CASTILHO, Maria Eduarda Rosa FREATO, Eduarda Martins Fontes Cantarella DE ALMEIDA, Beatriz Aiub Trajano SILVEIRA, Marcelle DANELON

Downloads: 5
Views: 253

Abstract

Introdução: Cárie na Primeira Infância (CPI) é definida como a presença de uma ou mais superfícies cariadas (cavitadas ou não cavitadas), perdidas ou restauradas (devido à cárie) em qualquer dente decíduo de uma criança com menos de seis anos de idade. Objetivo: Relatar o tratamento reabilitador estético e funcional de uma criança com Cárie na Primeira Infância. Conduta Clínica: Paciente do sexo feminino, 4 anos de idade, compareceu à Clínica de Odontopediatria da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), acompanhada de sua mãe, que relatou como queixa principal cárie na maioria dos dentes. Ao realizar o exame intra-oral, foi observado que haviam lesões de cárie em todos os elementos dentários da arcada superior, com exceção do elemento 55, o qual já havia sido restaurado. Na arcada inferior os elementos 75/85 também se apresentavam restaurados, e os demais elementos hígidos ou esfoliados. Após exame clínico e radiográfico, optou- se por realizar a exodontia dos elementos 51,52,61,62, devido à extensa reabsorção radicular além de lesões periapicais acometendo os germes dos dentes sucessores permanentes, além da instalação de aparelho mantenedor de espaço funcional. Para os demais dentes com lesões cariosas foi proposto o tratamento restaurador com resina composta e quando possível a utilização de matrizes celuloides pré- conformadas. Resultado: O principal fator de risco da Cárie na Primeira Infância é a exposição a açúcares na dieta. Entretanto deve-se ser avaliado outros fatores como hábitos de higiene oral, estado de saúde, educação dos pais, etc. Neste caso clínico foi possível além de reabilitar a paciente, controlar esses fatores e realizar a educação em saúde bucal com motivação aos pais e a criança, isto para evitar o surgimento de novas lesões de cárie, além de diminuir o risco de cárie no futuro, mantendo a dentição permanente saudável. Conclusão: A abordagem realizada no presente caso clínico resultou em eliminação da dor, recuperação da função e da estética além da melhora do aspecto psicológico infantil.

Keywords

Desmineralização do dente; odontopediatria; cárie dentária.
61d72872a9539568265aeb53 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections