Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d7278fa9539567f25f15f3
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Granuloma piogênico no lábio superior de paciente infantil, relato de caso

Ana Julia Viaes TOLEDO, Daniela Fernandes CERON, Maria Luiza Barucci ARAUJO, Cláudia Cristina Delgado VIÇOZO, Tereza Cristina Roschel GIFFONI, Gabriela Cristina SANTIN, Elen de Souza TOLENTINO, Maria Gisette Arias PROVENZANO

Downloads: 0
Views: 27

Abstract

Introdução: O granuloma piogênico é uma lesão benigna e multifatorial. Apresenta predileção pela gengiva em 75% dos casos, principalmente a superior. Ocorre também em lábios, língua, mucosa bucal e semelhantes. Objetivo: Relatar um caso de granuloma piogênico no lábio superior em paciente infantil. Conduta clínica: Paciente 10 anos compareceu à clínica odontológica da Universidade Estadual de Maringá, acompanhada de sua mãe, com a queixa estética de uma “bolinha vermelha no lábio que sangra”. No exame clínico observou- se nódulo pediculado de coloração avermelhada, quadro que evolui em cerca de dois meses. Hipótese diagnóstica foi de granuloma piogênico, com localização de menor prevalência. Em outra sessão foi feita a biópsia excisional, com uso de anestesia tópica e infiltrativa (lidocaína 2% + epinefrina 1:100.000) ao redor da lesão. Realizou-se excisão total da mesma com lâmina de bisturi no15 em formato de cunha e sutura simples. A lesão removida foi colocada em solução de formol e encaminhado para exame histopatológico. Após 7 dias de pós-operatório, removeu- se a sutura e observou-se uma ótima cicatrização. Resultado: O exame histopatológico confirmou a hipótese diagnóstica de granuloma piogênico. As condições do quadro se enquadram no padrão de maior prevalência, por predominar em mulheres e em 60% dos casos, em adolescentes e adultos jovens. A cirurgia excisional é o tratamento de escolha mais comum e o a remoção completa ajuda a prevenir recidivas. Após o término do tratamento, é necessário o acompanhamento periódico do paciente. Embora o granuloma piogênico não seja uma lesão de característica maligna, o diagnóstico, seu manejo e o tratamento são indispensáveis. Conclusão: Abordagem correta de lesões nodulares requer conhecimento do profissional sobre lesões bucais para a realização do diagnóstico e um tratamento eficiente, seguro no público infantil.

Keywords

Granuloma piogênico; biópsia; odontopediatria.
61d7278fa9539567f25f15f3 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections