Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d7250fa953956730010d92
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Avaliação da estabilidade do ph e teor de cloro ativo de soluções de hipoclorito

Beatriz Leal de FREITAS, Aurileide Maria Bispo Frazão SOARES, Carlos Alberto de Monteiro FALCÃO, Wanderson Carvalho de ALMEIDA, Giliardo da Silva SOUSA, Glória Maria Linhares Bandeira de Melo FERREIRA, Millena Lopes de BRITO, Maria Ângela Arêa Leão FERRAZ

Downloads: 1
Views: 28

Abstract

Introdução: Para sucesso do tratamento endodôntico é necessário remoção de material orgânico e/ou contaminação presentes no interior do sistema de canais radiculares. O hipoclorito de sódio é a solução de escolha e é encontrada em diferentes concentrações como 0,5%, 1%, 2,5% e 5,25%. Possuem atividade bactericida e capacidade de dissolução de material orgânico, sua eficácia química depende do teor de cloro ativo, e este é influenciado pela concentração, tempo de exposição, pH, temperatura e relação com substâncias orgânica e inorgânicas presentes no canal radicular. Objetivos: Estudo laboratorial quantitativo com objetivo deste de avaliar a concentração de fórmulas comerciais de hipoclorito de sódio (1% solução de Milton e 2,5% Soda Clorada), a porcentagem de cloro total em cada produto e seu pH, em relação às variáveis tempo e armazenamento. Material e método ou Conduta Clínica: As soluções de Hipoclorito de Sódio (NaOCl) nas concentrações de 1% e 2,5% foram, testadas através do método de titulometria (iodometria) para mensurar o teor de cloro ativo e pH por meio de um pHgâmetro. Foram verificadas as especificações presentes no rótulo, como concentração de cloro ativo descrito na embalagem e presença de dados como lote, data de fabricação e validade. Foram avaliadas as medidas de teor de cloro ativo e pH nas soluções em tempo zero (T1) e após 30 dias (T2), com amostras armazenadas geladeira, ao abrigo da luz e exposto à luminosidade. Resultados: Comprovamos que houve diferença estatisticamente de acordo com as diferentes formas de armazenamento, tendo a exposição à luz maior modificação no nível de teor de cloro. A mensuração do pH não sofreu alteração significativa. Os valores de cloro ativo inicialmente estavam dentro das especificações do rótulo. O rótulo apresentou ausência de informações quanto aos agentes químicos que foram atribuídos na solução Conclusão: As soluções comerciais de hipoclorito a 1% e 2,5% comerciais testadas, apresentaram teor de cloro ativo e pH adequadas e em conformidade com os respectivos rótulos.

Keywords

Endodontia; hipoclorito de sódio; titulometria.
61d7250fa953956730010d92 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections