Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/61d723eba9539566b50475e5
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Alterações bucais mais comuns em bebês: uma revisão de literatura e construção de Ebook

Eduarda Martins Fontes Cantarella DE ALMEIDA, Maria Fernanda Cavalcante MEIRA, Manuela Marquesini VANIM, Gabriela Leal Peres FERNANDES, Marcelle DANELON

Downloads: 0
Views: 27

Abstract

Introdução: Muitas são as manifestações bucais que acometem os bebês e são muito comuns nessa fase de vida. Os pequenos têm como característica própria em levar objetos à cavidade oral e até mesmo às mãos, o que pode levar ao aparecimento de certas manifestações. Dessa forma, são comuns na primeira infância: freio lingual curto, cistos da lâmina dentária, cistos/hematomas de erupção e infecções oportunistas. Portanto é sempre importante que os pais fiquem atentos à saúde bucal dos seus bebês. Diante de qualquer manifestação bucal, é sempre muito importante o acompanhamento periódico do cirurgião-dentista. Objetivos: Este trabalho teve como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre as principais manifestações bucais em bebês, bem como os tipos de tratamentos preconizados em cada situação clínica, baseado em atuais evidência científica, assim como elaborar um ebook para auxiliar pais/ responsáveis na identificação das manifestações. Material e método: A pesquisa foi realizada através da análise de artigos nas seguintes bases de dados: SciELO, PubMed e Portal de Periódicos CAPES. Os trabalhos encontrados foram elencados baseando-se no critério de atendimento em crianças e bebês os quais dataram de 2000 a 2020, totalizando 25 (vinte e cinco) estudos sendo relatos de caso e revisões de literatura. Resultados: Os dados obtidos demonstraram que as alterações bucais mais prevalentes em bebês são candidíase pseudomembranosa, gengivoestomatite herpética, nódulos de Bohn, pérolas de Epstein, dentes natais/neonatais e anquiloglossia. Conclusão: Torna-se de fundamental importância que todos os profissionais de saúde, incluindo cirurgiões-dentistas e pediatras, possam ser capazes de reconhecer essas alterações, e explicar se é de natureza fisiológica ou patológica promovendo a instrução adequada. Contudo, para promover orientação aos pais ou cuidadores, ao final, foi elaborado um e-book informativo, a fim de direcioná-los para a melhor decisão e conduta referente ao cuidado e tratamento das manifestações bucais.

Keywords

Recém-nascido; manifestações bucais; úlceras orais; dentes natais.
61d723eba9539566b50475e5 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections