Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604a1ed3a95395317162d514
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Fluxo de trabalho parcialmente digital para a confecção de uma prótese total fixa implantossuportada: relato de caso

Ana Larisse Carneiro PEREIRA, Adriana da Fonte Porto CARREIRO

Downloads: 0
Views: 36

Resumo

Introdução: A digitalização de arcos desdentados totais associados a múltiplos implantes ainda representa uma limitação para os scanners intraorais na obtenção de imagens precisas para fins protéticos. Objetivo: Apresentar a sequência clínica para a confecção de uma prótese do tipo total fixa implantossuportada, utilizando-se do escaneamento intraoral e tecnologia CAD- CAM para a infraestrutura e método convencional para processamento da base da prótese. Conduta Clínica: Paciente com necessidade de substituição da prótese provisória mandibular do tipo total fixa implantossuportada retida por quatro implantes foi submetido aos procedimentos protéticos para confecção da prótese híbrida, sendo necessárias três sessões clínicas. Na primeira, o escaneamento intraoral (3Shape-TRIOS) foi realizado para obtenção dos modelos de trabalho e para isso, digitalizou-se o guia multifuncional, a posição dos implantes por meio de um dispositivo, além da prótese total superior. As imagens foram convertidas em arquivos STL (Standard Tessellation Language) e importadas para o software (Zirkozahn; Modellier), para planejamento digital da infraestrutura e impressão dos modelos articulados. A mesma foi fresada diretamente no disco de cobalto-cromo (Zirkozahn; Talmax). Na segunda, com a infraestrutura em boca, avaliouse radiograficamente a passividade, a partir do teste do parafuso único. Diante disso, deu-se início a montagem do protocolo para acrilização pela técnica da cera perdida. Na terceira, a prótese foi instalada e a paciente recebeu orientações de rotina. Resultados: Os métodos utilizados possibilitaram a confecção de uma infraestrutura passiva, com pequeno ajuste oclusal na instalação. Conclusão: O escaneamento intraoral, associado a tecnologia CAD-CAM e método convencional, pode ser uma opção para a confecção de prótese do tipo total fixa implantossuportada passiva.

Palavras-chave

Arcada edêntula; imageamento tridimensional; CAD/CAM.
604a1ed3a95395317162d514 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections