Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604a190da9539527a554a6d3
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Avaliação da força de mordida de indivíduos com fissura labiopalatina submetidos à cirurgia ortognática

Patricia Martins BUENO, Paulo Alceu Kiemle TRINDADE, Ivy Kiemle TRINDADE-SUEDAM,

Downloads: 0
Views: 32

Resumo

Introdução: Devido à fibrose cicatricial resultante das cirurgias plásticas primárias, indivíduos com fissura labiopalatina (FLP) podem apresentar uma deficiência anteroposterior maxilar, com indicação de cirurgia ortognática. Objetivo: avaliar o impacto mediato da cirurgia ortognática no sistema estomatognático de indivíduos com fissura labiopalatina, por meio da avaliação da força de mordida (FM) no pré e pós operatório de 3 meses da cirurgia ortognática, bem como comparar os valores de FM com um grupo controle. Material e Método: foram selecionados para essa pesquisa prospectiva, 40 indivíduos, divididos em 2 grupos: 1) CON: 20 indivíduos sem FLP, com classe I de Angle (10 homens, 10 mulheres, 20 anos ± 7,4), e, 2) FLP: 20 indivíduos com FLP (unilateral=10; bilateral=10; 10 homens, 10 mulheres, 23,5 anos ± 5,9) e com indicação para cirurgia ortognática. Para tanto, avaliouse a FM no período pré-operatório imediato (PRÉ) e no período pós-operatório de 3 meses (PO3M), com o uso de um gnatodinamômetro (IDDK Kratos, Cotia-SP, Brazil). Resultados: A FM do grupo FLP foi significativamente menor que do grupo CON nos 2 períodos avaliados (períodos pré e pós-operatório de 3 meses). A FM de indivíduos com FLP no PO3M, foi significativamente menor quando comparada ao PRÉ. Já, na comparação dos indivíduos com FLP unilateral versus bilateral, observou-se FM estatisticamente similares. Indivíduos do gênero masculino apresentaram FM quase duas vezes maior que o gênero feminino. Conclusão: A fissura labiopalatina impacta negativamente a função do sistema estomatognático, interferindo em um de seus principais parâmetros, a força de mordida. A cirurgia ortognática, apesar de corrigir a discrepância maxilomandibular, levou a uma redução da FM no PO3M. É esperado que a FM aumente nos períodos pós-operatórios mais tardios, atingindo valores próximos aos do grupo CON.

Palavras-chave

Cirurgia ortognática; fissura palatina; sistema estomatognático.
604a190da9539527a554a6d3 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections