Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604a18eda953952709177f63
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Medidas de prevenção da COVID-19 em consultórios odontológicos: uma avaliação realizada com pacientes

Natália Saud Junqueira FRANCO, Aline Evangelista de Souza GABRIEL, Letícia GAMBARINI, Silmara Aparecida Milori CORONA

Downloads: 0
Views: 63

Resumo

Uma vez que os consultórios odontológicos apresentam alto risco de contágio e transmissão da COVID-19, é crucial que medidas rigorosas de controle de infecção sejam seguidas por profissionais e pacientes que os frequentam. Portanto, o principal objetivo deste estudo é avaliar o conhecimento, a conscientização e atitudes de pacientes em relação à COVID-19 e suas medidas de controle e prevenção de transmissão em consultórios odontológicos. Após a aprovação do projeto pelo Comitê de Ética, um questionário online foi disponibilizado na plataforma Formulários Google e acessado por voluntários através de um link que ficou disponível em redes sociais por 18 dias. As informações coletadas foram extraídas para uma planilha no Excel e análise descritiva dos dados foi realizada. Um total de 2557 respostas foram obtidas de pacientes de todo o do Brasil. A maioria dos voluntários demonstrou ter conhecimento sobre os principais sintomas da COVID-19 e das medidas de prevenção que devem ser adotadas por dentistas para evitar sua transmissão. 91,4% deles relataram se sentirem mais protegidos contra a doença ao ver que seu dentista utiliza equipamentos de proteção individual e, quase 70% deles, responderam que se caso precisassem de ser atendidos por um profissional que, segundo suas percepções não está tomando as devidas medidas de prevenção no consultório odontológico, o alertariam sobre isso. Os voluntários demonstraram ter conhecimento das medidas de prevenção que devem tomar para evitar o contágio e transmissão da COVID-19 em consultórios odontológicos. 74,2% deles relataram ter medo de ir à consultas de rotina durante a pandemia, 56,6% consideraram alto o risco de contágio em ambiente odontológico e mais de 80% consideraram a doença grave. Concluiu-se que os pacientes, no geral, estão conscientes quanto à seriedade da pandemia e quanto às medidas de prevenção que devem ser adotadas em consultórios odontológicos

Palavras-chave

COVID-19; SARS-CoV-2; consultórios odontológicos.
604a18eda953952709177f63 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections