Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604a186ea9539525b67dacd5
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Carcinoma espinocelular em borda posterior de língua e palato mole: relato de caso clínico

Mariel Ruivo BIANCARDI, Mariela PERALTA-MAMANI, Isabela Toledo Teixeira DA SILVEIRA, Bianca Rodrigues TERRABUIO, Vanessa Soares LARA, Renato Yassutaka Faria YAEDÚ, Izabel Regina Fischer RUBIRA-BULLEN

Downloads: 1
Views: 33

Resumo

Introdução: O carcinoma espinocelular (CEC) é uma neoplasia maligna que atinge principalmente homens em idade adulta, tabagistas e/ou etilistas e não apresenta um quadro clínico característico, o que pode retardar o processo de diagnóstico, comprometendo o prognóstico. Paciente de 58 anos, tabagista, compareceu ao serviço de Estomatologia com queixa de dor intensa e dificuldade de se alimentar relacionando a piora com o aparecimento de uma lesão em boca. De ínicio, o paciente relatava dor de garganta e ao consultar com médico local foi prescrito analgésico e sem sucesso no tratamento, este notou uma lesão crescente em mucosa oral e encaminhou-o ao Cirurgião-dentista. Clinicamente, observou-se limitação nos movimentos e um nódulo exofítico eritroleucoplásico por volta de 4 cm de diâmetro em região posterior de língua do lado direito, com bordas elevadas e sangrante ao toque. No palato mole, havia outra lesão ulcerada com áreas leucoplásicas estendendo-se para região de trígono retromolar e rebordo alveolar, do mesmo lado. Objetivo: relatar caso clínico de paciente com perca de qualidade de vida e sintomatologia dolorosa visando um diagnóstico preciso para seu correto manejo. Conduta clínica: Foi então realizada biópsia incisional em dorso direito de língua e o exame histopatológico revelou mucosa bucal com proliferação desordenada e desorganizada, pleomorfismo, hipercromatismo e células em mitoses atípicas e apoptóticas, com infiltrado inflamatório mononuclear difuso em lâmina própria desorganizada. Resultado: O diagnóstico final foi de CEC indiferenciado. O paciente foi então encaminhado ao cirurgião de cabeça e pescoço da sua cidade para iniciar o tratamento oncológico. Conclusão: O CEC em estágios mais avançados pode levar a sintomatologia dolorosa no paciente, provocando dificuldade na alimentação e assim afetar a qualidade de vida.

Palavras-chave

Carcinoma espinocelular; eritroplasia; leucoplasia.
604a186ea9539525b67dacd5 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections