Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604925ada953950d7043d2c5
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Avaliação das propriedades mecânicas e morfológicas da incorporação de vanadato de prata nanométrico em cimentos resinosos

Bruna GUBITOSO, André Luís BOTELHO, Simone KREVE, Mariana Lima da Costa VALENTE, Andréa Cândido dos REIS

Downloads: 0
Views: 37

Resumo

Os cimentos resinosos possuem uma ampla utilização na odontologia, mas são suscetíveis ao aparecimento de cárie secundária, lesões de mancha branca, entre outros. O vanadato de prata (β-AgVO3) é um nanomaterial antimicrobiano que se mostra favorável a solucionar tais problemas. O objetivo deste trabalho foi propor adição de vanadato de prata em cimentos resinosos e avaliar suas propriedades mecânicas e morfológicas. Para este estudo, foi utilizado cimento resinoso da FGM. Foram confeccionados 10 corpos de prova para cada grupo estudado no formato de 6 mm de diâmetro x 4 mm de altura. Os corpos de prova em cimento resinoso foram utilizados no ensaio mecânico. Os grupos estudados foram: Grupo 1: Grupo controle (sem adição de β-AgVO3); Grupo 2: adição de 2,5% de β-AgVO3; Grupo 3: adição de 5% de β-AgVO3. O grau de conversão do monômero (GC%) foi monitorado por espectroscopia de infravermelho de transformada de Fourier (FT-IR). Para avaliar a resistência ao cisalhamento foram utilizados brackets metálicos de pré-molares superiores (Morelli, Brasil) colados com o cimento resinoso em dentes naturais (pré-molares) (n=10). A avaliação da resistência ao cisalhamento foi realizada pela máquina universal de ensaios EMIC DL 500. A cor dos dentes foi avaliada antes e após a colagem dos brackets nos 3 grupos. A cor foi medida com um espectrofotômetro. Foi observado que a incorporação de β-AgVO3 não influenciou o grau de conversão. Quando comparados os dados do cisalhamento antes e após o envelhecimento, menor média (p=0,046) foi observada para o grupo envelhecido 7,51 (3,27) MPa. Em relação a cor, após o envelhecimento, o grupo 5% apresentou a menor alteração de cor comparada aos grupos controle (p=0,004) e 2,5% (p=0,026), sendo esses últimos semelhantes entre si (p=0,656). A modificação do cimento resinoso dual incorporando β-AgVO3 manteve as propriedades mecânicas sendo as duas porcentagens 2,5% e 5% indicadas para o uso.

Palavras-chave

Agente antimicobacteriano; cimentos de resina; resistência ao cisalhamento
604925ada953950d7043d2c5 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections