Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604921eba95395027d707a23
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Tratamento endodôntico com complementação cirúrgica de reabsorção radicular interna extensa: um relato de caso clínico

Matheus Lafetá FONSECA, Larissa Mendes Vilas Boas ALVES, Fillipe Mendes SILVA, Antonio Miranda da CRUZ-FILHO

Downloads: 0
Views: 49

Resumo

Introdução: A reabsorção radicular é um processo patológico e consiste na perda de tecido mineralizado dos dentes, é considerada um dos maiores desafios durante o tratamento ortodôntico e, principalmente, em tracionamentos dentais, sua causa pode estar associada a diversos fatores e uma alternativa para o tratamento dessa anomalia é o endodôntico. Objetivo: demonstrar, por meio de um relato de caso clínico, o processo de tratamento de uma reabsorção radicular. Conduta Clínica: Paciente compareceu a clínica odontológica para tratamento de uma reabsorção radicular extensa advinda de um tracionamento ortodôntico. No exame radiográfico, foi constatado uma reabsorção radicular interna, sendo assim, solicitou-se a tomografia para melhor realizar o planejamento do caso e observou uma comunicação do meio interno com o externo do dente. Foi proposto um tratamento endodôntico associado a uma complementação cirúrgica. Foram feitas duas sessões no tratamento endodôntico com a utilização de instrumentos rotatórios XP Endo Finisher, Easy Clean, terapia fotodinâmica e hidróxido de cálcio PA como medicação, na obturação, cone de guta percha e cimento biocerâmico Bio-C Sealer, no local da reabsorção o cimento Bio-C Repair. Para o vedamento utilizou-se cotosol, Ionômero de vidro e resina composta. Foi realizada a complementação cirúrgica, com restauração de resina composta na região radicular. Por fim, o paciente foi alertado que poderia surgir uma retração gengival. Resultado: O prognóstico é favorável para o dente tratado, houve retração gengival na região, no entanto, o paciente possui uma linha do sorriso baixa não comprometendo a sua estética. Conclusão: Apesar de reabsorções radiculares extensas não possuírem bom prognóstico, podem ser tratadas, desde que o paciente esteja ciente de possíveis reações adversas. Além disso, o uso da tecnologia foi imprescindível para uma adequada limpeza e desinfecção.

Palavras-chave

Reabsorção da raiz; tratamento do canal radicular; ortodontia.
604921eba95395027d707a23 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections