Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/60491c82a953956850177d83
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Reconstrução mandibular com enxerto microvascularizado de fíbula

Isabella Cristine dos SANTOS, Rodrigo GONÇALVES, Adriana Eliza Brasil MOREIRA, João Lisboa de SOUSA FILHO

Downloads: 0
Views: 38

Resumo

Introdução: A reconstrução de defeitos na mandíbula decorrentes de ressecções oncológicas é complexa devido à exigência de um alto nível de precisão para otimizar a estética e restabelecer a função do paciente. Como opções para reconstrução mandibular, o enxerto microvascularizado é considerado a melhor, uma vez que o enxerto autógeno representa o padrão ouro. A fíbula é um osso longo e possui várias vantagens em relação aos outros enxertos, o que faz ser uma boa indicação para este tipo de reconstrução. Objetivo: Relatar uma reconstrução mandibular feita com enxerto microvascularizado de fíbula após ressecção de lesão maligna. Conduta clínica: M.G.A.O, sexo masculino, 66 anos, compareceu à Santa Casa de Piracicaba com queixa de incômodo na língua no lado esquerdo. Clinicamente, a lesão apresentava bordas irregulares e endurecidas. O laudo da biópsia incisional confirmou o carcinoma espino celular. Dessa forma, após anamnese, exames clínicos e de imagem a cirurgia para ressecção do tumor e reconstrução foi planejada. Posteriormente, foi realizada a confecção do protótipo para o planejamento da cirurgia e moldagem da placa de reconstrução, diminuindo o tempo cirúrgico e aumentando a precisão e adaptação da placa de reconstrução. Foi realizada a glossectomia total, pelvectomia e mandibulectomia parcial, e em seguida a reconstrução mandibular com o enxerto microvascularizado de fíbula. Resultados: O paciente encontra-se em fase de acompanhamento. Conclusão: O enxerto microvascularizado de fíbula é uma opção confiável e eficiente para a reconstrução mandibular, já que oferece várias vantagens como, amplo comprimento ósseo, facilidade de modelagem do enxerto, vasos de grande calibre e possibilidade de reabilitação com implantes posteriormente. Neste caso a utilização do protótipo auxiliou no planejamento cirúrgico e na diminuição do tempo cirúrgico.

Palavras-chave

Mandíbula; reconstrução; enxerto vascularizado.
60491c82a953956850177d83 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections