Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/604917e3a9539548a84c74f3
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Efeito do cimento resinoso e da fonte de luz na resistência de união à cerâmica

Camila Imperador Rodrigues ALVES, Lincoln Pires Silva BORGES, Ana Rosa COSTA, Américo Bortolazzo CORRER, Lourenço CORRER-SOBRINHO

Downloads: 0
Views: 55

Resumo

Introdução: O sucesso clínico das restaurações indiretas está diretamente ligado ao procedimento de cimentação, uma vez que esse é crucial para a adesão entre peça protética e estrutura dentária. O protocolo de cimentação para cada sistema cerâmico é estabelecido de acordo com características inerentes da cerâmica, da composição do cimento resinoso e do aparelho fotopolimerizador, como intensidade de luz e comprimento de onda. Objetivo: Avaliar a influência dos cimentos resinosos livres de amina (Variolink Esthetic LC e RelyX Ultimate) e duas fontes de luz (Radii-cal [monowave] e Valo [polywave]) na resistência de união ao microcisalhamento (RUμC) da cerâmica vítrea reforçada por dissilicato de lítio. Material e Método: 40 discos (12 x 0,5 mm) foram fabricados em cerâmica IPS e.max Press e separados em 4 grupos (n=10). Uma das superfícies das amostras foi preparada com acabamento, polimento e aplicação do glaze, enquanto a outra foi tratada conforme o protocolo. O ensaio de RUμC foi realizado na Instron com velocidade de 1,0 mm/min e 50 N de carga até ocorrer falha. Os dados foram submetidos à ANOVA e ao teste de Tukey (α = 0,05). O padrão de falha das amostras foi analisado em microscópio óptico com 40x de aumento. Resultado: Os valores de RUμC (MPa) dos grupos Radii-cal (35,1±2,4 e 35,8±1,8) apresentaram-se estatisticamente menores quando comparados aos grupos Valo (37,7±3,5 e 38,8±3,1) na utilização dos cimentos Variolink Esthetic LC e RelyX Ultimate, respectivamente (p<0,05). Uma diferença significante para as fontes de luz foi detectada (p<0,003). Nenhuma diferença estatística foi observada para os cimentos resinosos (p=0,305). A interação entre o cimento e a fonte de luz não foi significante (p<0,841). Houve predominância de falhas mistas. Conclusão: O aparelho Valo apresentou valores de RUμC superiores ao Radii-cal. Não houve diferença na RUμC entre os cimentos resinosos.

Palavras-chave

Cerâmica; cimentos de resina; fotoiniciadores dentários.
604917e3a9539548a84c74f3 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections