Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/5dee444c0e88251147b5f733
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Magnificação, postura ergonômica e qualidadede trabalho durante a execução de procedimentos pré-clínicos

Júlia Margato PAZOS, Danielle WAJNGARTEN, Patrícia Petromilli Nordi Sasso GARCIA

Downloads: 0
Views: 41

Resumo

Introdução:  A dificuldade de acesso e visualização do campo operatório pode levar à adoção de posturas inadequadas e resultar em desordens musculoesqueléticas. Uma alternativa para resolução deste problema seria a utilização de magnificação, a qual promove uma ampliação do campo operatório. Objetivos: Observou-se o efeito da magnificação sobre postura de trabalho e qualidade de dois procedimentos pré-clínicos: preparos cavitários e restaurações de resina composta de Classe I. Materiais e Métodos: Elaborou-se um estudo experimental do tipo laboratorial. A variável dependente foi a postura de trabalho e a qualidade dos preparos cavitários e restaurações e a independente o sistema de magnificação em 4 níveis (visão direta; lupa simples; lupa com sistema Galilean; lupa com sistema Keplerian). Foram realizados preparos cavitários e restaurações de resina composta de Classe I, em dentes artificiais (16, 26, 36 e 46) de um manequim odontológico (N=320). O registro das posturas de trabalho foi realizado por meio de filmagem e a avaliação postural utilizando o Compliance Assessment of Dental Ergonomic Posture Requirements (CADEP). Os preparos cavitários e as restaurações também foram avaliados por meio de critérios pré-estabelecidos. Realizou-se ANOVA e pós-teste de Games-Howell (α = 0,05). Resultados: As maiores pontuações de postura foram obtidas utilizando as lupas Galilean e Keplerian (p <0,01), independentemente do dente a ser tratado. Para a qualidade dos preparos cavitários, não houve diferença significativa entre as condições avaliadas (p = 0,082). Para a qualidade das restaurações foi possível observar diferença significativa para o dente 36, onde as lupas Galilean e Keplerian apresentaram maior impacto (p = 0,04). Conclusão:  Concluiu-se que as lupas Galilean e Keplerian influenciaram positivamente a postura do operador sem comprometer a qualidade dos procedimentos pré-clínicos realizados.

Palavras-chave

Preparo da Cavidade Dentária; Restauração dentária permanente; Ergonomia
5dee444c0e88251147b5f733 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections