Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/5dee43b30e8825a843b5f736
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Protocolos de limpeza e sua ação na resistência de união de um sistema adesivo etch-and-rinse à dentina

Jessica Katarine de Abreu SILVA, Marina Oliveira Gonçalves GALOZA, Tatiane Miranda MANZOLI, Andrea Abi Rached DANTAS, Marcelo Ferrarezi de ANDRADE, Milton Carlos KUGA

Downloads: 0
Views: 56

Resumo

Como as soluções de limpeza não fornecem a remoção completa dos resíduos do cimento endodôntico, a associação com métodos mecânicos e/ou abrasivos pode ser uma alternativa adequada. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência de protocolos de limpeza, utilizando etanol 95% e solução de formamida associando à microabrasão, (gel antimicrobiano contendo micropartículas de vidro) e seus efeitos na resistência adesiva de um sistema adesivo etch-and-rinse, à dentina previamente impregnada com selante à base de resina epóxi. Cinquenta espécimes de dentina coronária bovina foram utilizados. Os protocolos foram (n = 10): G1 (Etanol a 95% até que o resíduo de selante endodôntico não pudesse ser visualmente detectado na superfície da dentina); G2 (Similar ao G1, seguido de microabrasão); G3 (Similar ao G1, utilizando formamida); G4 (Similar ao G2, utilizando formamida) e G5 (controle). Foi realizada a MEV (x500) e a classificação de acordo com a ausência/presença de resíduos visíveis nos túbulos dentinários. Outros cinquenta espécimes foram submetidos a procedimentos semelhantes, e sete dias depois, espécimes de resina composta foram confeccionados em dentina e submetidos ao teste de microcisalhamento. O modo de falha foi analisado em estéreo microscópio. G2 e G4 apresentaram maior persistência de resíduos e menor incidência de túbulos dentinários abertos que G1 e G3 (P 0,05). A microabrasão imediata, usando clorexidina a 2% com micropartículas de vidro, teve um efeito negativo na ação dos protocolos de limpeza do selante à base de resina epóxi, quando usado etanol 95% ou formamida. No entanto, 7 dias após, os tratamentos não afetaram a resistência adesiva do sistema adesivo à dentina.

Palavras-chave

Adesividade; Dentina; Odontologia
5dee43b30e8825a843b5f736 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections