Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/588019697f8c9d0a098b512d
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

COMPARATIVE STUDY OF THE MEDULLA OBLONGATA, PONS, MESENCEPHALON AND CEREBELLUM OF THE TUFTED CAPUCHIN, Cebus apel1a LINNAEUS, 1758.

Estudo comparativo da medula ob1onga, ponte, mesencéfalo e cerebelo do macaco Cebus apella Linnaeus, 1758.

Watanabe, Li-sei

Downloads: 1
Views: 781

Abstract

Macro and microscopical aspects of the medulla oblongata, pons, mesencephalon and cerebellum of the Cebus apella were studied in ten encephalons of adult monkeys. The observations allow to conclude that: the brain stem of the Cebus apella seems to be more developed than the one of the Callithrix. The medulla is very well marked; the pyramids, their decussation and the olivers are more evident in Cebus apella than in Callithrix, but they are less evident than in mano The pons is conspicuous as well as the trigeminal nerve and the medial cerebellar peduncle. On the mesencephalon the colliculi are prominent and cerebral peduncles resemble more the human; the IV ventricule morphology shows to be closer to the man's one than that from the Callithrix jacchus. The cerebellum of the Cebus is much more developed than the one of the Callithrix. Fissures and folia resemble the human cerebellum, although they are much simpler; the following cell groups and main fiber bundles were identified in the Cebus brain stem: fasciculus and nucleus gracilis; fasciculus and nucleus cuneatus; nucleus cuneatus accessorius; fasciculus pyramidalis; decussatio pyramidum; nuclei olivaris; nucleus spinalis nervi trigemini, fasciculus longitudinalis medialis; penduculus cerebellaris caudalis medialis and cranialis; reticularis formation; tractus corticospinalis and corticonuclearis; nucleus nervi sensitive and motorius trigemini; nucleus nervi facialis; nucleus nervi hypoglossi, nucleus nervivagi, nucleus rubralis, nucleus nervi oculomotorius and nucleus nervi throchlearis.

Keywords

Central nervous system, brain stem, I Cebus apella comparative anatomy

Resumo

Observações macro e microscópicas do tronco encefálico e cerebelo do Cebus apella foram realizadas em 10 encéfalos de macacos adultos, de ambos os sexos. Após a remoção total da pia-mater procedeu-se ao estudo da morfologia em geral em seis peças. Em três delas praticamos cortes paralelos e sucessivos com cerca de 2-3mm de espessura orientados segundo o plano transversal. As fatias assim obtidas foram confrontadas com as obtidas no homem e no sagui Callithrix jacchus em planos similares. Três outras peças, conservadas intactas, serviram para o estudo macroscópico da morfologia externa. As quatro peças restantes, após a remoção das meninges, foram submetidas a desidratação e inclusão em Celoidina. Foram efetuados cortes seriados de 401" de espessura. Um em cada cinco cortes foi corado pela técnica de PalWeigert modificada por ERHART (1951) para as bainhas de mielina e com coloração de fundo pelo Carmin. Esses cortes foram estudados em um microscópio e estereomicroscópio Zeiss e comparados com cortes seriados equivalentes de segmentos humanos e do Callithrix jacchus. O tronco encefálico é mais desenvolvido que o do sagüi; destaca-se a ponte bem nitida incluindo o nervo trigêmeo e o pedúnculo cerebelar médio. A medula oblonga, perfeitamente delimitada, apresenta as pirâmides e a oliva maiores e melhor esboçadas em relação as dos sagüi. Na face dorsal, o IV ventriculo também é maior e mais nitido do que no sagüi. Essas formações são equivalentes às da espécie humana, embora sejam relativamente menores que as do homem. Ainda, no mesencéfalo destacam-se os colículos craniais e caudais, grandemente desenvolvidos e melhor delimitados do que no sagüi; os pedúnculos cerebrais mais volumosos que os do saguí, são semelhantes e equivalentes aos do homem. Na medula oblonga há um grande desenvolvimento dos grupamentos celulares; núcleos grácil, cuneiforme, cuneiforme acessório, olivar e olivares acessórios dorsal e medial. O pedúnculo cerebelar caudal e os feixes de fibras nervosas são mais desenvolvidos do que os do sagüí e menos do que os do homem. Os grupamentos celulares da ponte no Cebus são muito mais desenvolvidos do que aqueles observados no sagüi; todavia são menos desenvolvidos do que na espécie humana. Os feixes de fibras corticospinais, corticonucleares e o pedúnculo cerebelar médio são mais desenvolvidos do que os do sagüi e menos desenvolvidos quando comparados aos do homem. No mesencéfalo, os colículos craniais e caudais são maiores e mais desenvolvidos do que os do sagüi. A substância negra é extensa, muito mais nítida do que no sagüi. Os pedúnculos cerebrais e cerebelares craniais são bastante evoluídos comparativamente aos do sagüi, as estruturas acima referidas muito se assemelham às do homem. O cerebelo no Cebus é bastante evoluído, já apresenta folhas e fissuras perfeitamente definidas e que no sagüí suas diferenciações não são tão nítidas. Essas estruturas são particularmente semelhantes àquelas encontradas na espécie humana. As folhas e os núcleos cerebelares - denteado, emboliforme, globoso e fastigial - no Cebus são mais desenvolvidas do que no sagüi, no qual não são evidentes os quatro núcleos. Essas estruturas assemelham-se muito às correspondentes do homem.

Palavras-chave

Central nervous system, brain stem, I Cebus apella comparative anatomy

References



BRUNNER, H. & SPIEGEL E.A. 1918. Vergleichende anatomisch Studien an Hapaliden gehirn. Folia neuro-biol., JJ: 171-203.

CLARK, W.E. Le Gross. 1926. Description of the cerebral hemispheres of a gorilla. l. Anat., 61 :467-475.

CONNOLLY, c.J. 1950. External Morphology of the Primate Brain. Springfield, C.C. Thomas.

ERHART, E.A. 1951. Modificações simples e rápidas do método de Pa1-Weigert para a coloração das bainhas de mielina. Arq. Neuro-Psquiat., 9:372-374.

GEIST, F.D. 1930. The brain of the Rhesus monkey. l. comp. Neurol., 50:333-376. .

HERRICK, C.J. 1924. Origin and evolution of the cerebellu. Arch. Neurol. Psychiat., JJ :621-652.

HEWITT, W. 1959. The mammalian caudate nucleus. l. Anat., 93:169-177.

HINES, M. 1933. The externa1 morphology of the brain and the spinal cord. ln: HARTMAN, C.G. &

STRAUS, W.L. The Anatomy of the Rhesus monkey. New York, Hafner Publishing Coo

INGALLS, N.W. 1914. The parietal region in the primate brain. l.comp. Neurol., 24:291-341.

LARSELL, O. 1934. Morphogenesis and evolution of the cerebellum. Arch. Neurol. Psychiat., 31 :373-395.

MYERS, R.F. 1962. Commissural connections between occipital lobes of the monkey. 1. comp. Neurol., 1l8: l-lO.

NOBACK, C.R. & GOSS, L. 1959. Brain of a gorilla. I. Surface anatomy and cranial nerve nuclei. l. comp. Neurol., lJJ: 321-343.

PEELE, T.L. 1942. Cyrtoarchitecture of individual parietal areas in the monkey and the distribution of the different fibres. l. comp. Neurol., 77:693-737.

REIS, F.P. 1975. Considerações macro e microscópicas sobre encéfalo do sagüi. Tese de Mestrado. Escola Paulista de Medicina, São Paulo.

SCHNEIDER, H. 1968. Some findings concerning the relationship between ontogenesis and cytoarchitecture of the primate brain. J. comp. Neurol., 133:411-427.

SMITH, G.E. 1903. Further observation on the natural mode of subdivision of the mammalian cerebellum. Anat. Anz., 23:368-384.

TILNEY, F., RILEY, H.A. & OSBORN, H.F. 1928. The Brain Irom Ape to Man. New York, Paul B. Hoeber.
588019697f8c9d0a098b512d rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections