Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/5880193a7f8c9d0a098b5049
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Análise da distribuição de tensão ao redor de implantes na região de mandíbula posterior

Lopes, S. B.; Corrêa, C. B.; Tabuse, H. E.; Ribeiro, A. L. R.; Vaz, L. G.

Downloads: 0
Views: 1188

Resumo

O conhecimento da distribuição de tensões no sistema prótese/implante é de fundamental importância para auxiliar no planejamento e sucesso da reabilitação com implantes dentários. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar a tensão gerada ao redor de implantes dentários em uma reabilitação de três dentes posteriores mandibulares, variando-se o tipo de conexão dos implantes, bem como a disposição e quantidade de implantes. Para isso utilizou-se a metodologia da fotoelasticidade. As situações estudadas foram divididas em 4 grupos: A- Três Implantes Alinhados; B- Três Implantes Desalinhados; C- 2 Implantes e um pôntico e D- 2 Implantes com um cantilever para mesial. Para cada um dos grupos utilizou-se a conexão hexágono interno, hexágono externo e cone-Morse. Os resultados mostraram que a disposição e quantidade de tensão ao redor dos implantes dentários da conexão Hexágono Externo, Hexágono Interno e cone-Morse foram semelhantes em todos os grupos. No grupo D foi observado um aumento na tensão ao redor do implante adjacente ao cantilever. Podendo-se concluir então, que o tipo de conexão nesse estudo não influenciou na quantidade e distribuição de tensão ao redor dos implantes, porém a configuração protética com a utilização de cantilever leva a um aumento da tensão ao redor do implante adjacente ao cantilever.

Palavras-chave

Implante dentário; próteses e implantes; biomecânica.
5880193a7f8c9d0a098b5049 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections