Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/588018ac7f8c9d0a098b4d6f
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

Home visits: learning opportunities in dental education

Visita domiciliar: oportunidade de aprendizagem na graduação em Odontologia

Morita, Maria Celeste; Codato, Lucimar Aparecida Britto; Higasi, Maura Sassahara; Kasai, Maria Luiza Hiromi Iwakura

Downloads: 1
Views: 684

Abstract

This qualitative study aimed to identify the perceptions of dental students on home visits to families of patients treated by them. The visits were accompanied by Community Health Workers belonging to the Family Health Program.Data were obtained on the basis of individual written reports of students and interpreted through thematic content analysis. It was concluded that for this group of students surveyed home visits proved to be an effective tool for learning based on reality and also an opportunity to expand their vision of the health-disease process, enabling the recognition of the importance of bonding and host in health care and encouraging participation of students as active subjects on knowledge construction.

Keywords

Dental education, home visits, family health program.

Resumo

Estudo de natureza qualitativa que objetivou identificar as percepções de acadêmicos de odontologia sobre visitas domiciliares realizadas a  usuários  por eles atendidos na universidade.  Os dados foram obtidos através de depoimentos individuais escritos dos alunos e interpretados por meio de análise de conteúdo temática. Concluiu-se que entre os  pesquisados a visita domiciliar mostrou-se efetiva para o aprendizado baseado  na realidade, oportunizou a ampliação da visão sobre o processo saúde-doença, possibilitou o reconhecimento da importância do vínculo e do acolhimento na atenção à saúde e favoreceu a participação dos alunos como sujeitos ativos na construção do conhecimento.

Palavras-chave

Educação em odontologia, visita domiciliar, odontologia, programa saúde da família.

References



1. World Health Organization (WHO). Ottawa charter for health promotion: first International Conference on Health Promotion. Geneva; 1986 [cited 2009 Apr]. Available from: http://www.who.int/hpr/NPH/docs/ottawa_charter_hp.pdf.

2. Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Tendências da educação superior para o século XXI. In: Conferência Mundial sobre Ensino Superior; 1998 out 5-9; Paris, FR. Brasília: UNESCO; 1999.

3. Brasil. Lei 10.172 de 9 de janeiro de 2001.Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 10 jan de 2001.

4. Nokes K, Nickitas DM, Keida R, Nevilles S. Does service-learning increase cultural competency, critical thinking and civic engagement? J Nurs Educ. 2005; 44: 65-70.

5. Grobe JC. Service-learning in dental education: meetind needs and challenges. J Dent Educ. 2009; 73: 454-63.

6. Gregorio DI, DeChello LM, Segal J. Service Learning within the university of Connecticut Master of Public Health Program. Public Health Rep. 2008; 123: (Suppl 2): 44-52.

7. Morita MC, Kriger L. A relação ensino e serviços de odontologia In: Perri de Carvalho AC, Krieger L. Educação odontológica. São Paulo: Artes Médicas; 2006.

8. Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES 1300/2001. Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Graduação em Farmácia e Odontologia. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 7 dez. 2001; Seção 1: 25.

9. Brasil. Ministério da Saúde. Ministério da Educação. Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde. Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde- Pró-saúde Brasília; 2005 [citado em 2009 Jan]. Disponível em: www.saude.gov.br/sgtes.

10. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec: Rio de Janeiro: Abrasco; 1992.

11. Bauer MW, Gaskell G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes ; 2003.

12. Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 196/96 de 10 de outubro de 1996. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos [citado em 2009 Abr 7]. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/docs/Resolucoes/Reso196.doc.

13. Brasil. Ministério da Saúde. Organização Pan-Americana da Saúde. Organização Mundial de Saúde. Política de Recursos Humanos em Saúde: Seminário Internacional [Internet]. Brasília; 2002 [citado em 2009 Jan 15]. Disponível em: http://whqlibdoc.who.int/publications/2002/8587943278_por.pdf.

14. Bean C, Rowland ML, Soller H, Paul C, Van Sickle R, Levings K, Agunga R. Comparing fourth-year dental student productivity and experiences in a dental school with community-based clinical education. J Dent Educ. 2007; 71: 1020-6.

15. Brondani MA, Clark C, Rossoff L, Aleksejunüniene J. An evolving community-based dental course on professionalism and community service. J Dent Educ. 2008; 72: 1160-8.

16. Leung KK, Liu WJ, Wang WD, Chen CY. Factors affecting students evaluation in a Community Service-learning program. Adv Health Sci Educ. 2007; 12: 475-90.

17. Brown JD, Bone L, Gillis L. Service Learning to impact homelessness: The result of academic and community collaboration. Public Health Rep. 2006; 121: 343-8.

18. Holtzman JS, Seirawam H. Impacto f community-based oral health experiences on Dental Students attitudes towards caring for the underserved. J Dent Educ. 2009; 73: 303-10.

19. Brasil. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Acolhimento das práticas de produção de saúde. 2.a edição 2.a reimpressão Série B. Textos Básicos de Saúde. Brasília; 2008.

20. Brasil. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Documento Base para Gestores e Trabalhadores do SUS 3.a edição 1.a reimpressão Série B. Textos Básicos de Saúde. Brasília; 2006.
588018ac7f8c9d0a098b4d6f rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections