Revista de Odontologia da UNESP
https://revodontolunesp.com.br/article/588017b07f8c9d0a098b485b
Revista de Odontologia da UNESP
Original Article

Perfil epidemiológico das neoplasias orais malignas no município de São Paulo, Brasil

Epidemiologic oral cancer profile in São Paulo city, Brazil

Oliveira, E.F.; Silva, O.M.P.; Blachman, I.T.; Pio, M.R.B.

Downloads: 1
Views: 642

Resumo

O câncer oral é um problema de saúde pública crescente nos dias atuais, sendo o Brasil o 8º colocado na estimativa de casos novos para o ano de 2003 e, mesmo assim, não apresenta uma política de saúde condizente com sua situação. Este estudo consiste em uma pesquisa descritiva e retrospectiva utilizando todos os casos de câncer oral incidentes no município de São Paulo nos anos de 1997, 1998 e 1999, considerando distribuição morfológica, gênero (sexo), idade e localização anatômica, seguindo as normas da Classificação Internacional de Doenças para Oncologia da Organização Mundial da Saúde (CID-O). O câncer oral é subdividido segundo a localização em regiões anatômicas e, no presente estudo, consideraremos os sítios: lábio, língua e boca. As neoplasias malignas nos três anos investigados totalizam 2.638 casos, havendo maior incidência das neoplasias de células escamosas; porém, outros tipos morfológicos também foram observados com relevância, como adenomas e adenocarcinomas, neoplasias mucoepidermóides presentes em 6% das mulheres e as neoplasias epiteliais em 7% dos homens. Houve predominância do sexo masculino, atingindo idades precoces (1 - 4 anos) e mostrando maior incidência a partir do grupo etário de 35 a 39 anos; o sítio mais atingido foi a boca, seguida pela língua e lábio. Foi observado que 332 casos de neoplasias não apresentavam especificação do tipo morfológico, demonstrando a falta de suporte para o diagnóstico e o tratamento de câncer no município de São Paulo e, conseqüentemente, no Brasil. Diante dessa realidade alarmante, é necessária uma mudança na atitude dos serviços voltados para o diagnóstico histopatológico com a utilização de métodos simples, porém eficazes, que permitam obter informações indispensáveis para a condução dos casos, a prevenção da doença e o esclarecimento dos pacientes.

Palavras-chave

Neoplasias bucais, incidência, estudos retrospectivos, fatores sexuais, classificação internacional de doenças

Abstract

The oral cancer is an increasing public health problem nowadays, and Brazil is in the 8th position in the estimative of the new cases for the year 2003, however it doesn’t present a project of health according to its situation. This study consists in a descriptive and retrospective research using all the cases of oral cancer occurred in the city of São Paulo in 1997, 1998 and 1999, considering the morphologic distribution, sex, age and anatomical localization and follow the Classificação Internacional de Doenças para Oncologia da Organização Mundial da Saúde’s (CID-O) rules. The oral cancer is subdivided according to the localization in anatomical parts. In the actual study we will consider the parts: lip, tongue and mouth. Malignant neoplasms totalize 2,638 cases, there is a bigger incidence in the scamous cells carcinoma, but others morphological types were observed with relevance, for example: adenomas and adenocarcinomas, mucoepidermoides neoplasm present in 6% of women and the epitelial neoplasm in 7% of men. There was predominance for the masculine sex, reaching premature ages from 1 to 4 years old and showing bigger incidence from the group 38-39 years. Mouth is the place more affected followed for tongue and lip. It was observed that 332 neoplam cases don’t present description of the morphological type, showing the lack of support to cancer diagnostic and treatment in Sao Paulo city and consequently in Brazil. Based on this alarming reality it’s necessary a change of attitude about histological diagnostic services, using simple methods, however efficacious, that allow clear and necessary informations to the patients for the cases’ conduction, prevention and patients’ explanation

Keywords

Mouth neoplasms, incidence, retrospective studies, sex factors, international classification of diseases

References



1. Medronho RA. Epidemiologia. São Paulo: Atheneu;

2003. p. 91-103.

2. Fundação Nacional de Saúde. CENEPI. Mortalidade Brasil 1994. Ministério da Saúde. Brasília; 1997.

3. Ministério da Saúde. Instituto Nacional do Câncer. Estimativa de incidência e mortalidade por câncer. Rio de Janeiro; 2003.

4. Parkin DM, Pisani P, Ferlay J. Estimate of worldwide incidence of 25 major cancers in 1990. Int J Cancer. 1999; 80: 827-41.

5. Cantoanto MT, Devesa SS. Oral cavity and pharynx cancer incidence rates in the United States, 1975-1998. Oral Oncol. 2002; 38: 610-7.

6. Johnson NW, Warnakulasuriya KAAS. Epidemiology and aetiology of oral cancer in the United Kingdom. Community Dent Health. 1993; 10(1): 13-29.

7. Parise Jr. O. Câncer de boca - aspectos básicos e terapêuticos. São Paulo: Sarvier; 2000.

8. Percy C, Van Holten V, Muir C, editores. Classificação internacional de doenças para oncologia. – CID-O. 2ª ed. São Paulo: USP; 1996.

9. Mirra AP, Latorre MRDO, Veneziano DB, editores. Aspectos epidemiológicos do câncer no município de São Paulo: fatores de risco. São Paulo: Tomgraf; 2003.

10. Araújo Filho VJF, Carlucci JR DD, Sasaki SU, Montag E, Azato FN, Cordeiro AC, et al. Perfil de incidência do câncer oral em um hospital geral em São Paulo. Rev Hosp Clin Fac Med S Paulo. 1998; 53:110-3.

11. Moore SR, Johnson NW, Pierce AM, Wilson DF. The epidemiology of lip cancer: a review of global incidence and aetiology. Oral Dis. 1999; 5: 185-95.

12. Moore SR, Johnson NW, Pierce AM, Wilson DF. The epidemiology of tongue cancer: a review of global incidence. Oral Dis. 2000; 6: 75-84.

13. Moore SR, Johnson NW, Pierce AM, Wilson DF. The epidemiology of mouth cancer: a review of global incidence. Oral Dis. 2000; 6: 65-74.

14. Almeida OP, Lopes MA. Prevenção das doenças bucais. In: Kriger L. Promoção de saúde bucal. São Paulo: Artes Médicas; 1997. p. 434-46.

15. Mirra AP, Latorre MRDO, Veneziano DB, editores. Incidência, mortalidade e sobrevida do câncer da infância no município de São Paulo. São Paulo: Tomgraf; 2004.
588017b07f8c9d0a098b485b rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections