Revista de Odontologia da UNESP
http://revodontolunesp.com.br/article/588019c87f8c9d0a098b5330
Revista de Odontologia da UNESP
Congress Abstract

Postura na realização da higiene bucal em pacientes dependentes com paralisia cerebral - CAOE – UNESP

Demazi, M. S.; Furtado, B. A.; Ferreira, N.S.P.; Zito, A.R.A.; Farina, M. F. F.; Bombonatti, A. L.

Resumo

A paralisia cerebral é uma encefalopatia crônica não progressiva da infância, é consequência de uma lesão estática ocorrida no período pré, peri e pós-natal que afeta o sistema nervoso central em fase de maturação estrutural e funcional. Foram observados no setor de higienização bucal os pacientes com paralisia cerebral dependentes com dificuldades para a realização da higiene bucal, sendo esta realizada pelos responsáveis, devido às disfunções predominantemente sensoriomotoras que envolvem distúrbios no tônus muscular, postura e movimentação voluntária. Neste estudo foram avaliados 278 pacientes dependentes com paralisia cerebral, de ambos os sexos, que realizam a higiene bucal em diversas posturas e locais, tais como no colo, carrinho, cama e cadeira; dificultando essa realização tornando várias vezes ineficiente. De acordo com os dados obtidos no programa de Promoção de Saúde Bucal no Centro de Assistência Odontológica à pessoa com deficiência – CAOE - UNESP, Araçatuba, SP. Para a realização da escovação foram adotadas posturas que facilitassem a higiene bucal, 16 realizam na cama, 19 no carrinho, 28 no colo, 71 na cadeira, e 144 não informados. Conclui-se que a higienização bucal na cadeira é mais eficaz, proporcionando melhores condições posturais, e deixando mãos dos responsáveis livres para essa realização.

Palavras-chave

Paralisia cerebral, postura, saúde bucal.
588019c87f8c9d0a098b5330 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections