Revista de Odontologia da UNESP
ISSN 1807-2577 (Eletrônico)
Resumo de Congresso

Análise histológica da capacidade de limpeza de uma técnica híbrida de instrumentação com o sistema RaCe

Fonseca, T. S.; Magro, M. G.; Venção, A. C.; Frota, M. F.; Sponchiado-Júnior, E. C.; Marques, A. A. F.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de limpeza de uma técnica híbrida de instrumentação no terço apical de raízes mesiais de molares inferiores. Foram selecionados vinte dentes, os quais tiveram suas raízes mesiais seccionadas e divididas em dois grupos. O grupo 1 foi preparado utilizando-se limas K #10 e #15 e limas BioRaCe BR0, BR1, BR2, BR3 e BR4, todas no comprimento de trabalho. O grupo 2 foi instrumentado com limas K #10 e #15 no comprimento de trabalho, #20 a 2 mm, #25 a 3 mm, preparo cervical com brocas Largo #1 e #2 e preparo apical com limas K #15, #20 e #25 e limas RaCe #25.04 e #30.04. Irrigou-se a cada troca de instrumento com 1 mL de hipoclorito de sódio a 2,5%. Os espécimes foram processados histologicamente e fotografados em microscópio óptico. As fotomicrografias foram inseridas em uma grade de integração para a contagem da área ocupada por sujidades na luz dos canais. O teste de Kruskal‑Wallis não mostrou diferença estatística significante (p > 0.05) entre os grupos. Concluiu‑se que a técnica híbrida promoveu limpeza semelhante à técnica preconizada pelo fabricante, utilizando menos instrumentos rotatórios e promovendo um diâmetro final mais conservador.

Palavras-chave

Endodontia; canal radicular; ápice dental.
5880193f7f8c9d0a098b5066 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections