Revista de Odontologia da UNESP
ISSN 1807-2577 (Eletrônico)
Resumo de Congresso

Avaliação da possível relação entre fatores genético, imunológico e microbiológico na doença periodontal

Pigossi, S. C.; Finoti, L. S.; Anovazzi, G.; Corbi, S. C. T.; Orrico, S. P.; Scarel-Caminaga, R. M.

Resumo

A Doença Periodontal (DP) é uma patologia de caráter multifatorial causada por microrganismos periodontopatogênicos e influenciada por fatores como: suscetibilidade genética do hospedeiro, hábito de fumar e doenças sistêmicas. Previamente, identificamos um haplótipo ATC/TTC no gene Interleucina 8 que conferiu 2 vezes mais suscetibilidade à DP. O objetivo do presente estudo é avaliar se há associação entre níveis de Tannerella forsythia (Tf), Interleucina-8 (IL-8) e o haplótipo de suscetibilidade à DP. Para isso, foram coletadas amostras subgengivais de 65 pacientes divididos em 4 grupos: não suscetível geneticamente sem DP (NSC), não suscetível geneticamente com DP (NSDP), suscetível geneticamente sem DP (SC) e suscetível geneticamente com DP (SDP). A carga bacteriana foi avaliada através de qPCR, e níveis de IL-8 por meio de ELISA. Níveis maiores de Tf foram observados em sítios doentes de indivíduos do grupo NSDP quando comparados aos valores dos mesmos sítios do grupo SDP (regressão logística, p = 0,03). Os níveis de IL-8 não variaram em relação à carga genética (regressão logística, p = 0,39). Pode-se concluir que a suscetibilidade genética conferida pelo haplótipo ATC/TTC está associada à quantidade de Tf nos sítios com DP, embora não esteja associada aos níveis de IL-8.

Palavras-chave

Interleucina-8; microbiologia; genética.
588019387f8c9d0a098b503e rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections