Revista de Odontologia da UNESP
ISSN 1807-2577 (Eletrônico)
Resumo de Congresso

Apicificação: uma alternativa de tratamento para dentes traumatizados e com rizogênese incompleta

Massunari, L.; Mendes, C.C.; Lodi, C.S.; Danelon, M.; Nery, M.J.; Gomes-Filho, J.E.

Resumo

O traumatismo dentário ocorre frequentemente em crianças entre os oito e dez anos de idade, quando as raízes dos incisivos estão em formação. Uma vez que o trauma pode causar necrose pulpar, o desenvolvimento da raiz seria afetado, resultando em incisivo com o ápice aberto. A estimulação do desenvolvimento radicular poderá fechar o ápice e dar condições para uma adequada obturação do canal radicular. O objetivo deste trabalho é relatar um caso clínico de tratamento tardio de traumatismo dentário pela técnica de apicificação. Paciente I.D.A, 37 anos, gênero masculino, procurou a clínica de endodontia com histórico de trauma dental no dente 11 ocorrido durante a infância. Ao exame clínico, observou-se ausência de mobilidade, ausência de sensibilidade e sondagem periodontal normal. Radiograficamente, o dente apresentava formação radicular incompleta, paredes dentinárias frágeis e com divergência foraminal associado com imagem radiolúcida periapical. O tratamento proposto foi a apicificação com o uso de pasta de hidróxido de cálcio por meio de debridamento químico-mecânico de todo o canal radicular, com limas tipo K e irrigação com uma solução de hipoclorito de sódio a 2,5%. Em seguida, pasta de hidróxido de cálcio (hidróxido de cálcio, iodofórmio e propilenoglicol) foi aplicada e trocada a cada 15 dias durante quatro meses. Pode-de observar, por meio de exame radiográfico, a ocorrência do fechamento completo da abertura foraminal do canal e regressão da radiolucência periapical, oferecendo condições favoráveis para a sua obturação.
5880190f7f8c9d0a098b4f61 rou Articles
Links & Downloads

Rev. odontol. UNESP

Share this page
Page Sections